Missão GASTAGUS, ACRIDES 2011

acrides1

Um ano a preparar-me para algo, e fazia ideia para onde ia? Óbvio que não! Foi uma das experiências mais frenéticas da minha vida, toneladas de informação choviam a toda a hora, oxalá fosse igual com a água dos céus.

Histórias de quebrar o coração, aquelas vidas e todo o desperdício humano, e também os potenciais grandes homens e mulheres. Verdadeiros economistas e engenheiros do dia-a-dia; com uma rolha e um alfinete fazem uma festa que dura quantos dias o corpo aguentar; com um garrafão de água tomam-se dois banhos ou mais.

Nem sempre houve tempo para comer, nem sempre havia água engarrafada ali disponível. Dormimos pouco devido ao trabalho, à experiência e ao calor abrasador – até que o corpo se habitue.

Foi pesado para o corpo e para a consciência, levou-nos a questionar tudo. Nada que, ao fim de 3 dias sem água, um banho di chuva não aliviasse e nos desse de volta o ânimo para mais.

Se é duro? É! Mas assumo como a experiência de uma vida. Um mundo de extremos; assistimos ao pior e o melhor que a alma humana pode dar. Apaixonante! Emocionante! Gratificante! Amor! A repetir!

Uma experiência destas devia ser obrigatória a qualquer pessoa neste mundo.

acrides2

acrides3banho

Artigo original AQUI!

Anúncios